Goiânia, Segunda, 24 de Novembro de 2014
Qua, 27 de Março de 2013 13:23

Conab/PB vai encaminhar denúncia de uso político do ´Peixe na Mesa´ em JP para Ministério do Desenvolvimento Social

O ‘email’ do chefe de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Social de João Pessoa convocando políticos para levarem suas bases à distribuição dos peixes da Semana Santa na Capital vai navegar por mares nunca dantes navegados até chegar em Brasília.

O superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento na Paraíba (Conab/PB), Gustavo Guimarães (foto ao lado), informou ao que vai encaminhar todos os fatos denunciados pelo blog para análise do Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo financiamento para aquisição das 80 toneladas de pescado distribuídas em João Pessoa.

Confirmando que tinha visto o material divulgado na imprensa, ele não quis tecer comentários sobre o caso específico, mas declarou veementemente que a Conab, responsável por adquirir os peixes junto às cooperativas de pescadores e repassar para prefeitura, não coaduna com qualquer uso político ou eleitoreiro dos produtos distribuídos pelo órgão.

“A Conab tem um histórico de seriedade e não coaduna com qualquer uso político de ações socais. Se os gestores estão fazendo do programa uso eleitoreiro não tem o aval da Conab, que serve exclusivamente como intermediário entre as cooperativas e as prefeituras, não participando sequer do processo de construção do modelo de distribuição para sociedade”, declarou Guimarães.

Ele disse que tinha visto o material divulgado pela imprensa e declarou que vai informar ao MSD para análise do caso. “Se houver indícios desse uso, é o Ministério do Desenvolvimento Social que tomará as providências iniciais”, completou.

Para se isentar da culpa, a prefeitura de João Pessoa está alegando que o email partiu da livre e espontânea vontade do chefe de gabinete da Sedes, Anísio Maia Filho. Usando seu email pessoal, ele convoca o pai, o deputado estadual Anísio Maia, e o vereador Fuba para chamarem suas bases e comparecerem aos locais de distribuição. Como sem falta.

Ao jogar toda a responsabilidade para o chefe de Gabinete, a prefeitura se livra de ser a causadora do problema. No entanto, se permitir que funcionários com cargos de confiança continuem usando os programas e ações da gestão municipal com interesses políticos terá tanta culpa quanto quem opera.

Neste caso, a prefeitura de João Pessoa tinha obrigação de afastar o servidor que, porventura, cometeu o deslize. Caso, claro, considere que ele cometeu algum deslize.

Parceira da Prefeitura de João Pessoa no programa “Peixe na Mesa”, que tem indiscutível alcance social, a Conab, por exemplo, não quer saber quem está colocando fogo no mar. Ela só não quer comer peixe frito na Semana Santa.

Está livre da cruz, assim.

Fonte: www.luístôrres.com.br

 

É lamentavel se vê políticos de plantão se beneficiando eleitoralmente com a desgraças das pessoas mais humildes. Ao mesmo tempo, vê novamente a imagem da Conab/PB ser detruida pelos meios de comunicação. Esperamos que o MDS tomem as devidas providencias urgentes que o caso requer.


Postado pela ASNAB/GOIÁS

Última modificação em Qui, 28 de Março de 2013 17:10

1 comente

  • Link o comentário Ary de Carvalho Gomes Qui, 28 de Março de 2013 12:11 postado por Ary de Carvalho Gomes

    Vamos dar um basta nos feudos, nas capitanias hereditárias, nas dinastias e o em outras coisas do gênero.Verdadeiramente este é um País de todos nós por herança dos nossos antepassados. País Rico não é um País sem Pobreza. Mas sim, Um País com Justiça.

    Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Adicionar comentário


Av. Meia Ponte, n.2748, Setor Santa Genoveva - Goiânia - GO / 62 3204-6599 / E-mail: contato@asnabgo.org.br
© 2014 - Associação Nacional dos Empregados da CONAB (ASNAB-GO) - Todos direitos reservados
Media Virtual